Por que você precisa ter uma planilha de banco de horas?

Ter um controle das horas garante ao funcionário poder se planejar melhor. Seu melhor planejamento pode trazer a oportunidade de utilizar as horas que trabalhou a mais para folgar em dias que lhe convém, como vésperas de feriado.

O método de banco de horas permite essa flexibilização da jornada de trabalho proporcionando também economia para a empresa no pagamentos de horas extras. Portanto, ter uma planilha de banco de horas irá te trazer muitos benefícios.

Por que utilizar a nossa planilha de banco de horas?

A planilha já foi toda configurada para fazer todos os cálculos e você terá apenas o trabalho de inserir os horários diários. Além disso, temos um dashboard moderno para você ir acompanhando durante a semana / mês.

Conhecendo a planilha de banco de horas

Ao abrir a planilha, você já irá visualizar o nosso Dashboard. Ele foi criado para que você tenha uma gestão rápida e eficiente do seu tempo, podendo acompanhar as horas trabalhadas da semana e do mês. Há também um gráfico resumo das horas durante todo o ano atual. Nessa mesma aba, temos as configurações básicas para que a planilha funcione corretamente. 

Configurando a jornada de trabalho

Você deverá inserir as horas devidas de trabalho em um dia. No exemplo abaixo, utilizamos 9 horas por dia. Informe também quantas horas você deve trabalhar no caso de uma jornada reduzida, por exemplo, uma sexta-feira. Utilizamos no exemplo, 08:00. 

Informe também a sua carga horária semanal. Utilizamos 44 horas.

Todos esses valores são valores comuns do mercado de trabalho, porém você deverá ajustar exatamente conforme sua jornada de trabalho. Configure também se você irá trabalhar aos sábados e domingos.

IMPORTANTE: Informe as horas dessa maneira: 09:00 e não desta: 9. Desta maneira: 44:00 e não desta: 44.

Inserindo as horas diárias

No menu superior, clique em “Inserir Horas”. Na coluna “DATA”, insira a data do dia que você quer registrar.

IMPORTANTE: Não é necessário inserir os dias na sequência. Você pode marcar um dia atrasado e depois marcar outro dia.

Depois, marque os horários de entrada e saída e o intervalo de almoço. Se você inseriu a data e todos os horários de forma correta, verá que um “check” irá aparecer no final da linha.

Inserindo feriados e folgas

Quando for um feriado ou uma folga, na coluna “ESPECIAL”, selecione o tipo adequado. Ao selecionar, automaticamente as horas planejadas para a semana e mês serão recalculadas na página principal.

No exemplo, tínhamos 44 horas planejadas. Ao informar que um dia é feriado/folga, as horas planejadas para a semana foram recalculadas para 35, pois subtraímos um dia de carga horária de 9 horas.

Inserindo feriados e folgas em dias de jornada reduzida

Nos casos em que o feriado ou a folga está em um dia de jornada reduzida, escolha “FERIADO EM JORN. RED.” na coluna “ESPECIAL”.

Note que ao invés de subtrair 9 horas da carga semana, foram subtraídos 8 horas (carga horária de um dia reduzido), totalizando 36 horas previstas para a semana.

Analisando detalhadamente um mês

Ao clicar em “CALENDÁRIO” no menu superior, você tem a visualização de um mês que deseja. Digite no local indicado o ano e mês que quer analisar e o painel irá mostrar, dia a dia, todos os horários, horas trabalhadas, horas não trabalhadas e horas extras. 

IMPORTANTE: Nessa seção, você irá digitar apenas o ano e mês que deseja analisar. Não é necessário inserir mais nenhuma informação.

Nos dias que não houve marcação de horário, ele irá considerar como horas não trabalhadas. Caso você tenha esquecido, clique no menu superior em “INSERIR HORAS” e preencha os dias que foram esquecidos. Conforme informado anteriormente, não é necessário que os dias fiquem na sequência correta. Você pode ter um dia anterior após um dia.

Quer utilizar a nossa planilha de banco de horas? Adivinha, ela é gratuita!

Planilha de Banco de Horas
Downloads: 1692

Fazer Download